bichectomia - instituto da pele
bichectomia - instituto da pele
bichectomia - instituto da pele

Bichectomia

O volume da gordura nas bochechas não está necessariamente relacionado ao peso corporal. A tendência atual é apresentar um rosto fino, com “efeito blush” e bem marcado. A Bichectomia faz isso: afina o rosto, melhora o contorno facial, valoriza as maçãs do rosto e o deixa mais definido.

É uma cirurgia relativamente simples, desde que feita por um profissional bem treinado, podendo ser realizado em clínicas. Finalizando o procedimento, o paciente já está apto a voltar pra casa.

Como é feito a Bichectomia?

É um procedimento estético e funcional em que se retira a bola de bichat (daí o nome, Bichectomia) para redução das bochechas e ao mesmo tempo salientar a “maçã do rosto”, bem como para pacientes que sofrem por traumas na mucosa oral.

Esse método se popularizou muito nos últimos anos, por ser uma cirurgia relativamente simples, desde que feita por profissional habilitado e com experiência, não necessitando internação hospitalar ou grande afastamento das atividades.

Esse procedimento pode trazer algum prejuízo futuro? 

Uma discussão tem sido levantada sobre Bichectomia. De um lado, profissionais defendem a técnica dizendo que o resultado é muito bom e não traz qualquer prejuízo futuro. De outro lado, alguns profissionais questionam se, no futuro, a falta da bola de bichat poderá resultar em alguma flacidez no local. Essa teoria é rebatida pelo primeiro grupo, com argumento que não existe nenhuma prova que essa gordura sirva para sustentação facial.

Minha opinião é simples: Se os primeiros profissionais estão corretos, ótimo, pois realmente os resultados são compensadores. Por outro lado, se futuramente vier a ter algum grau de flacidez, isso realmente iria privar talvez 15 a 20 anos de algo que o paciente sempre sonhou como ter uma bochecha menor ou rosto bem definido? E com mais um detalhe, reposição de volume perdido é facilmente recolocado com inúmeros preenchedores modernos que existem no mercado.

Isso é feito diariamente em consultórios para outras perdas de volumes que ocorrem naturalmente no processo de envelhecimento. Ou seja, se a bola de bichat chegar a fazer falta, mesmo num futuro distante, facilmente podemos preencher esse espaço.

É necessário internamento hospitalar?

Não. A Bichectomia é realizada com anestesia local e pouco tempo após o procedimento, o paciente é liberado.

Quanto tempo, após a Bichectomia, devo ficar afastado das atividades?

Para atividades sem esforço a liberação é imediata. Já as com maior esforço,  entre sete a dez dias após a cirurgia.